SHTF – When the Shit Hits The Fan (Quando a merda bate no ventilador)

O que é SHTF, qual o seu significado? Neste artigo trago o conceito de SHTF e alguns tipos de S.H.T.F. Você está preparado? Confira!

SHTF – Quando a merda bate no ventilador

SHTF - SHTF - When the Shit Hits The Fan (Quando a merda bate no ventilador)

Licença da imagem: CC0 Creative Commons

SHTF significado

SHTF ou S.H.T.F. é a sigla americana para Shit Hits The Fan, que traduzida literalmente para o português é: “Quando a merda bate no ventilador”.

Trata-se de um jargão, um termo popular para quem é sobrevivencialista ou preparador e se refere a situação de emergência e ou sobrevivência que pode ser causada por algum ou alguns acontecimentos. Não entrarei em detalhes sobre cada um desses acontecimentos, mas citarei alguns exemplos abaixo:

Cenários e perspectivas sobrevivencialistas

Catástrofes naturais

– movimentos tectônicos e suas consequências (terremotos, tsunamis, vulcões, etc.);
– mudanças climáticas e suas consequências (alterações do clima e da temperatura terrestre, nevascas,furacões, tornados, tempestades severas, secas, enchentes, aumento do nível dos oceanos, etc.);      –  deslizamentos de terra.

Catástrofes provocadas pela humanidade

– desastres industriais;
– vazamento de produtos químicos;
– liberação de materiais radioativos;
– contaminação biológica;
– guerra nuclear, química ou biológica;

Ruptura na ordem social e política

– golpes de Estado violentos;
– explosão da violência urbana;
– guerra civil;
– governos opressivos;

Colapso geral da sociedade

– ausência de governo e instituições que estabeleçam a ordem;
– ruptura dos serviços públicos essenciais (energia elétrica, comunicações, saúde, policiamento, etc.);
– ausência de bens de primeira necessidade (água, comida, combustível, roupas, medicamentos, etc.).

Adquira o seu manual agora!
yelone exit popup blog sobrevivencia ebook CSCA - SHTF - When the Shit Hits The Fan (Quando a merda bate no ventilador)

Colapso da economia

– captura do dinheiro nos bancos;
– ausência de crédito;
– hiperinflação;
– recessão.

Emergências sanitárias

– pandemia;
– epidemias.

Claro que cada região ou país estará mais ou menos propenso a sofrer com os impactos dos acontecimentos citados acima, mas, cabe a cada um estudar as maneiras de minimizá-los, preparando-se da melhor maneira possível. Recomendo uma série de artigos do portal Sobrevivencialismo que trata bastante e com mais detalhes sobre este assunto:

E também o vídeo: “Como fazer uma avaliação de Risco?”, muito bem apresentado por Julio Lobo, do canal Sobrevivencialismo (clique no play para assistir):

Créditos: Canal Sobrevivencialismo, do Youtube.

Conclusão

Os acontecimentos, o caos, o SHTF poderão sobrevir? Sim! É uma realidade que não pode ser negligenciada, mas, com um bom planejamento, com uma boa avaliação de riscos é possível enfrentá-los.

Claro que podem haver outros acontecimentos que não foram citados, então, se você conhece algum, cite nos comentários e se você gostou deste artigo, compartilhe nas redes sociais e vote logo abaixo, para isto, basta arrastar as estrelinhas com o ponteiro do mouse. Assim você estará dando uma grande força ao blog Sobrevivência para que possa trazer mais conteúdo para você.

Fontes:

SHTF – When the Shit Hits The Fan (Quando a merda bate no ventilador)
Vote neste post!

Quer saber das informações antes dos outros e estar melhor preparado, guerreiro?

(Preencha os campos ao lado)

SUB - Sobrevivente Urbano Baiano

Sou Problogger, autor do blog sobrevivencia.blog.br, do canal Sobrevivência, no Youtube e de outros trabalhos na web. Não me considero nem sobrevivencialista nem preparador, mas, somente um precavido.

Website: https://sobrevivencia.blog.br

Deixe seu comentário!